Me Acharam?

QUERO QUE VOCÊ VEJA QUEM SOU: ESSA SOU EU: . TÁ ME VENDO?! NÃO?! VOU TE MOSTRAR DE NOVO: . AGORA VIU NÉ?! AINDA NÃO?! CHEGA MAIS PERTO E OBSERVA: . AGORA VIU, NÉ?! QUE BOM QUE ME ENXERGOU! EU SOU MESMO ESSE PONTINHO, NO MEIO DO UNIVERSO.

Consideração Sobre Blogs



Dia 21 /11 /2008 o Jornal pioneiro venho até a Escola em que trabalho me entrevistar sobre Blogs na Educação. Agradeço a redação do Jornal e em especial a jornalista Kelly Pelisser.

Gostaria de falar mais um pouco sobre os Blog como ferramenta a ser utilizada na educação então deixo aqui algumas considerações sobre o “Blog na Educação”:

Um pouco de História- Inicialmente os blogs eram usados como uma espécie de diários on-line, porém atualmente adquire funções muito expressivas no processo de comunicação.

Muitos deles, pela sua forma dinâmica de publicação de idéias, acabaram se tornando tão ou mais atrativos do que publicações jornalísticas consagradas, isso faz do blog um aliado para quem procura e, também, produz conhecimento. Por esse motivo que essa ferramenta se traduz também em uma grande aliada dos professores no processo de ensino/aprendizagem.Um dos mais antigos weblogs que se conhece foi o News, criado em 1996 por David Winer como parte do site 24 Hour Democracy. Hoje chama-se Scripting News e continua publicando notícias, comentários e discussões sobre a www, aplicativos, programação, etc. De 1999 em diante, com o advento dos servidores de weblog como o Blogger, os weblogs se popularizaram, principalmente pela facilidade de sua criação e manutenção, proporcionadas pelas ferramentas destes servidores.

Se pudesse definir em poucas palavras o motivo para usar os blogs diria: Tempo, Dinheiro e Facilidade.


Os Blogs são páginas virtuais, que inicialmente começou a ser usada como uma espécie de diário, porém atualmente está sendo usado nos mais diversos setores, por exemplo de Blogs:

- Educacionais: Da escola (substituindo a antigo site), de professores de uma disciplina especifica, de alunos tanto pessoais como da turma, de uma atividade coletiva, de um projeto, de uma viagem ou passeio.

- Pessoais: Como diário pessoal, diário do bebê, casamento, lua-de-mel, viagens, festas, família, árvore genealógica.

- Jornalísticos: Notícias, fofocas...
- De Poetas.
- Religiosos: Das mais diversas religiões.
- De mensagens: Contendo mensagens diversificadas
- Escritores: Dos mais diversificados temas.
- Esportivos: Com notícias diárias e comentários...
- Empresas.
- Rádios.
- Emissoras de TV.
- Culinária
- Tecnológicos: Com dicas, dowloadings....


Enfim como podem ver há blogs dos mais diversos temas, tanto de pessoas mais “leigas” como profissionais. O que leva as pessoas a aderirem à cultura dos blogs é a facilidade de serem construídos na rede, disponíveis mediante um simples cadastro, encontram-se ferramentas, em versões gratuitas que já vem com seus templates predefinidos, sem que o usuário precise entender de programação para fazê-los.

Outra grande vantagem é que os posts (Um Post é um registro de informações em um Blog. O nome vem do verbo "to post" em inglês, que é o ato de publicar mais uma informação no blog.) podem ser editados, excluídos ou criados com facilidade. Por exemplo se eu quiser posso reeditar um post feito há mais de anos.Podemos pensar dessa forma um blog constitui um conjunto de posts.

Nós enquanto professores, procuramos inovar e transformar o aprendizado em algo significativo, agradável para o aluno. O uso do blog na educação é uma forma de aprender em comunidade, aprende por si e pela convivência grupal com limites e com responsabilidade pelo que faz ou pensa e assim o leva a considerar os fatores relevantes para decidir agir da melhor forma para todos.


Atualmente as informações circulam com grande velocidade e por diferentes formas, ao socializar as informações obtidas e recicladas através de seus blogs, se construirá conhecimentos através dos conhecimentos obtidos pela reciprocidade com o outro, a interatividade fará surgir novas problematizações que movimentarão novamente os esquemas mentais individuais e com essas trocas se dará a reorganização das idéias, pois cada um filtra as informações relevantes e as socializa com os colegas e assim apropriam-se dessas informações rapidamente.

Os Blogs favorecem as formas de se expressar pela sua multiplicidade de funções: Escrita, visual, multimídia (vídeo, música, imagens...), hipertextual. É uma ferramenta que favorece o exercício do diálogo pela interação assíncrona, pois pode receber comentários e síncrona, pois permite ser agregadas ferramentas como a de chat, por exemplo. É interessante que surjam temas polêmicos para favorecer as discussões. Os blogueiros podem interagir, colaborar com dicas, concordar, discordar, opinar...

O fato de criar seu blog torna a pessoa ativa, desenvolve a autonomia, a autoria, a afetividade e a cooperação. A partir do momento que tem que escrever tem que refletir sobre o próprio pensamento e isso se configura em uma forma de aprendizagem.

O blog favorece a criação de comunidades virtuais, agregadas aos interesses em comum ou não, e interligadas através de links, pode-se ainda incorporar outras comunidades aumentando rapidamente a rede ligações e interações, formando assim uma "teia virtual".

O que difere de um blog normal de um blog pedagógico é o objetivo. Deve-se definir o foco e planejar o que se pretende, aonde quer chegar e pra quem vai escrever.

A partir da necessidade e interesse, podem-se criar blogs sobre qualquer tema.O blog proporciona a avaliação processual e continua, pois toda a produção está arquivada e pode ser visualizada facilmente. Assim se pode acompanhar a evolução através do crescimento cultural do aluno e da qualidade dos conteúdos.

O blog, como tecnologia digital potencializa os projetos ensino aprendizagem porque desfazem os papéis professor/aluno o professor não passa a ser mais o centro, o detentor do saber, o transmissor da aprendizagem e os alunos passam a atuar ativamente. Porém a mediação do professor é importante ele precisa promover assuntos de interesse e necessidade do grupo, incentivando a participação e mediando as discussões com novas problematizações para desafiar e desequilibrar motivando, assim, uma participação contínua e permitindo a manifestação das individualidades.

No blog o professor passa a mudar o foco no conteúdo para o foco no processo ativo do aluno e talvez, digital, o professor pareça até mais humano.


A Rede

Além disso, o blog permite que os próprios alunos vejam os trabalhos dos colegas e comparem as idéias resultantes de cada trabalho, o que é saudável para o aprendizado. Quem viveu isso na prática, defende que o recurso funciona e melhora a relação dos alunos com as atividades, além de suas reflexões sobre os trabalhos ligados por “nós” nessa rede virtual. Blogs utilizados em uma perspectiva construtivista/ interacionista, são capazes de despadronizar a educação, parece contraditório porém os ambientes ao permitir que as individualidades se manifestem e ao reforçar a autonomia, também favorecem a cooperação e a união entre as pessoas.

Ensino Superior

Ao contrário do que muita gente pensa, o blog, como auxiliar do professor, não se limita ao Ensino Fundamental e Médio. No Ensino Superior também é crescente o uso dessa ferramenta, eu como estudante de Licenciatura em Computação, dês de 2006 tenho feito oficinas direcionadas aos mais diversos cursos do ensino superior da UCS sobre blog na educação e também atuei como tutora pela UFRGS em um curso à distancia, sobre Tecnologias na Educação Especial, onde foi usada a metodologia de blogs para publicação a interação dos alunos. Os professores seguem usando o blog como eficaz ferramenta inclusive em cursos do Ensino a distancia.

Blog, o currículo moderno.
Algumas pessoas estão fazendo de seus blogs seus currículos. Como por exemplo o blog da professora de Balett Melissa Fonseca.
Os blog-currículos acabam configurando-se em uma ferramenta de grande valor, pois as pessoas interessadas podem ver fotos e textos que demonstram bastante da personalidade do candidato.






Desejo que despertem em vocês, leitores do meu blog, a aderirem a essa cultura pois se um faz um blog e o linka ao blog de um amigo e esse amigo Linka ao blog de outra pessoa isso de constituirá uma teia virtual. Onde todos faremos parte agregando valores, conhecimentos... interagindo continuamente sem limites.

Fonte inspiradora: Suzana Gutierrez