Me Acharam?

QUERO QUE VOCÊ VEJA QUEM SOU: ESSA SOU EU: . TÁ ME VENDO?! NÃO?! VOU TE MOSTRAR DE NOVO: . AGORA VIU NÉ?! AINDA NÃO?! CHEGA MAIS PERTO E OBSERVA: . AGORA VIU, NÉ?! QUE BOM QUE ME ENXERGOU! EU SOU MESMO ESSE PONTINHO, NO MEIO DO UNIVERSO.

Softwares Públicos


36 softwares públicos estão disponíveis na web
(desde softwares p/ a gestão, medicina a educacionais)
o cadastro:
http://www.softwarepublico.gov.br/Registre-se


Segunda-feira, 03 de maio de 2010 às 14h02

36 softwares públicos estão disponíveis na web

Já imaginou criar um software e, após meses de trabalho, disponibilizá-lo na internet para que qualquer pessoa interessada possa testá-lo e aprimorá-lo? Essa é a proposta do Portal do Software Público Brasileiro.
Contando com cerca de 70 mil pessoas, o portal se mantém há 3 anos e possui 36 ferramentas completamente gratuitas disponíveis a qualquer pessoa que queira testá-las e sugerir melhorias.
Entre os usuários do portal há pequenas e grandes empresas privadas, órgãos do governo e até mesmo igrejas.
O primeiro software a chegar ao portal foi o Cacic, desenvolvido por técnicos da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) para gerar inventários. O mesmo tipo de software na época (2004) custaria em torno de R$ 3 milhões. Em 2005, o software foi colocado na internet.
Os softwares públicos disponíveis seguem os mais diversos ramos. É possível encontrar desde softwares para gestão escolar, como o i-Educar, até auxílio à área médica, como é o caso do Invesalius, que transforma imagens de tomografia e ressonância em conteúdo com profundidade 3D.
Gostou da novidade? Para participar como colaborador, basta preencher o cadastro em "Prestadores de Serviço". Porém, se sua pretenção é disponibilizar um software, saiba que antes será necessário registrar o software como livre no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).



Dica dada pela profª  Naura Luciano via e-mail.