Me Acharam?

QUERO QUE VOCÊ VEJA QUEM SOU: ESSA SOU EU: . TÁ ME VENDO?! NÃO?! VOU TE MOSTRAR DE NOVO: . AGORA VIU NÉ?! AINDA NÃO?! CHEGA MAIS PERTO E OBSERVA: . AGORA VIU, NÉ?! QUE BOM QUE ME ENXERGOU! EU SOU MESMO ESSE PONTINHO, NO MEIO DO UNIVERSO.

Mapas Conceituais

  • A teoria a respeito dos Mapas Conceituais foi desenvolvida na decáda de 70 pelo pesquisador norte-americano Joseph Novak. Ele define mapa conceitual como uma ferramenta para organizar e representar o conhecimento.

    Podemos dizer que mapa conceitual é uma representação gráfica em duas dimensões de um conjunto de conceitos construídos de tal forma que as relações entre eles sejam evidentes.
    Os conceitos aparecem dentro de caixas enquanto que as relações entre os conceitos são especificadas através de frases de ligação nos arcos que unem os conceitos. As frases de ligação têm funções estruturantes e exercem papel fundamental na representação de uma relação entre dois conceitos. A dois conceitos, conectados por uma frase de ligação chamamos de proposição. As proposições são uma característica particular dos mapas conceituais se comparados a outros tipos de representação como os mapas mentais.

    Clique na imagem para vê-la ampliada:


Para fazer esse Mapa Conceitual eu usei o software Cmap Tools

Mapas conceituais podem ser utilizados como:

  • Estratégia de estudo
  • Estratégia de apresentação de itens curriculares
  • Instrumento para a avaliação de aprendizagem escolar
  • Pesquisas educacionais